Foto Colunista

POR Bárbara Hellen

O coração tem que vibrar

Colunistas / 24.10.17

Quarta-feira fui ao show de John Mayer, aqui em São Paulo. O show teve um formato diferente do tradicional e foi dividido por partes, pensado para a geração snapchat. Lá na segunda parte, John Mayer pegou a sua guitarrinha (haha) e ficou visivelmente claro que aquela era, para ele, a melhor parte do seu próprio show. Tocar guitarra é a parte da carreira dele que ele mais ama e que era por aquilo que ele esperava o show inteiro. Era visível o quanto ele ama tocar!

Na hora fiquei refletindo…

Ao escolher uma profissão, sempre achamos que todas as partes serão interessantes e agradáveis. Ledo engano – e é esse engano que faz com que tantas pessoas sejam tão infelizes profissionalmente. Esperamos um paraíso, uma rotina maravilhosa e sempre agradável, sucesso em todas etapas, companheiros de trabalho dedicados.

Mas, toda profissão terá sua parte chata.

Sendo bem sincera – e muitos vão concordar – a maior parte é chata. Imagine no caso do John… Deve ser chato ter que conhecer, em todo show, vários fãs, deve ser chato a especulação sobre sua vida pessoal, deve ser chato ficar poucos dias em cada lugar, deve ser chato cantar a mesma música diversas vezes… Isso só citando algumas coisas que vem na minha mente, mas deve ter coisas que nem imaginamos numa carreira dessa dimensão.

Entretanto, naquele momento em que ele estava tocando sua guitarra, todas as chatices desapareceram. Aquela era a parte boa que fazia todo o resto valer a pena.

Foi um estalo: em nossas vidas, só não pode faltar a parte boa que faça todo o resto valer a pena. Aquela parte que você é apaixonado, que faz o seu coração vibrar. Não podemos nunca abrir mão disso. Não abra mão daquilo que faz o seu coração vibrar, senão tudo perde o sentido. Algo te deixe literalmente com um sorriso no rosto. E sabe o que é melhor? Muitas vezes essa parte já existe. E não, não é o seu salário.

____________

Bárbara Hellen é jornalista. Trabalha no ambiente digital desde 2010, quando lançou um blog e, desde então, preferiu as nuvens aos papéis. Exceto na hora de escolher um livro para ler, quando abandona toda a modernidade. Acredita que qualquer boa conversa pode virar um bom texto e que são os sonhos que movem a vida – e por isso que até hoje nunca passou um dia sequer sem sonhar.

_____________________________________________________________

Os artigos publicados com assinatura não traduzem a opinião do Site BH. Possibilitamos que o leitor conheça opiniões diversificadas sobre os assuntos em pauta nas mídias sociais. Sempre iremos expor visões diferentes para que o leitor se questione, questione o mundo ao seu redor e, principalmente, corra do senso comum. Quer ver o seu texto por aqui? Mande para redacaositebh@gmail.com

Deixe uma resposta

*

ARQUIVOS

BH NO INSTAGRAM

FOLLOW @BARBARAHELLEN

BH NO FACEBOOK

www.000webhost.com