Foto Colunista

POR Anna Júlia Leão

Sonhos e escolhas profissionais

Colunistas / 28.06.16

A cabeça de cada pessoa é um universo que requer muita cautela ao ser visitado. Os sonhos que comportamos muitas vezes aumentam os nossos limites e nos trazem a coragem que não imaginávamos ser capazes de obter. Antes de tudo, quero aconselhar que ao decidir alguma coisa, deve-se levar em questão qual é o futuro que sonhamos para nossa vida, com quais pessoas queremos estar, qual seria o valor adequado para ter na conta bancária, se existiriam filhos ou não e assim consecutivamente.

Uma das importantes decisões para que uma boa parte desses sonhos seja possível de se tornar realidade é a escolha profissional, por exemplo, a medicina. As pessoas criaram em cima dessa profissão um rótulo de garantia de vida, uma segurança de que ao escolher essa opção o dinheiro não será problema para o resto da vida… Mas aí eu pergunto, e os outros problemas? A vida não é só a conta bancária. Os cursinhos estão abarrotados de pessoas que dizem querer fazer medicina e não conseguem transparecer a menor afeição pela profissão.

E se o seu sonho não for ser o melhor? Se não quiser ter feito mestrado, doutorado na USP ou não ter tido vários tipos de menção honrosa? Se você só quiser ter uma profissão e com essa uma conseguir viver confortavelmente a ponto de ter um feedback positivo e uma vida tranquila? Por que ter rios de dinheiro se viver com uma piscina já é suficiente? Por que querer ganhar 20.000 por mês, se você pode ganhar 5.000 , cumprir com sua agenda e ainda ir guardando os trocos na poupança?

Às vezes, muitas vezes, nós doamos tudo pra comprar sonhos que não são nossos, pra ter futuros que não queremos ou necessitamos e que só por que nascemos ouvindo falar que é muito bom, nos enche os olhos e a esperança. Imagino o quanto é difícil chegar a hora de escolher e não saber o que fazer, ter que decidir uma profissão e não achar nada em si que se encaixe no que estão lhe oferecendo. Mas, tenha calma, alguns tiros são dados no escuro e muitas vezes acertam o alvo sem saber.

Uma coisa é certa, quando há muita dúvida, há pouca descoberta e nessa hora é fundamental buscar ajuda externa, psicólogos, psiquiatras, psicanalistas.. São profissionais fundamentais neste processo. Ainda com tudo isso, é de suma importância que você não esqueça quais são os seus sonhos, por que já sabendo aonde quer chegar fica mais fácil decidir por onde caminhar.

______________

Anna Júlia Leão, 19 anos, é maranhense e estudante de Odontologia. Extrovertida, comunicativa e sempre muito interessada na complexidade e psicologia humana.

__________________________________________________________________

Os artigos publicados com assinatura não traduzem a opinião do Site BH. Possibilitamos que o leitor conheça opiniões diversificadas sobre os assuntos em pauta nas mídias sociais. Sempre iremos expor visões diferentes para que o leitor se questione, questione o mundo ao seu redor e, principalmente, corra do senso comum. Quer ver o seu texto por aqui? Mande para redacaositebh@gmail.com

Deixe uma resposta

*

ARQUIVOS

BH NO INSTAGRAM

FOLLOW @BARBARAHELLEN

BH NO FACEBOOK

www.000webhost.com