Foto Colunista

POR Manoel Veloso

Perdão

Colunistas / 14.06.16

Nem que eu procurasse
Todos os argumentos possíveis
E utilize as mais diferentes logísticas
Fantasias, estatísticas
E toda a arte jurídica
Que tanto dominas,
Seria eu capaz de te convencer do contrário.

Sabes muito bem que
Por mais que julgues e decidas
Em nome de outrem,
A maior justiça é aquela que fazemos
Com nós mesmos.
A prova cabal é aquela que nos convence,
É aquela que nos toma a razão
E muda nossas rédeas,
Mesmo com elas em nossas mãos.

Por mais que eu insista com todos os artifícios
O único infalível
Vai ser teu próprio olhar refletido no espelho
Encarando o teu mais profundo eu.
Vai ser a lágrima que verter dos teus olhos insistentemente secos,
Que vai lavar a alma imunda pelos dejetos alheios,
Que vai trazer água nova para todo o teu rio,
Que vai permitir tu seres, enfim, quem tu realmente és.
Vai ser preciso esforço para lixar os calos secos,
Vai ser preciso disposição para lutar contra o rígido exoesqueleto.
Mas vai ser libertador.
Mas vai ser a maior realização jamais feita.
Vai ser o encaixe da cabeça no travesseiro
E a noite de sono perfeita.
Vai ser o fim de toda ansiedade,
O início dos mais belos discursos,
O entrelaçar dos dedos sedentos
E a realização do abraço carente
Que tanto esperou
Que tanto pediu
Que tanto chorou
Pedindo pelo toque
Pelo carinho
Pelo teu sorriso
Pelo teu amor.

Quando, enfim, te libertares de todo o passado,
De toda dor e toda angústia,
E teus passos forem no sentido que realmente queres,
E teu sorriso for leve,
Criarás asas!
E vais voar!
Não haverá mais grilhões,
Viverás as paixões!

E poderás me dar a mão.
Olharemos nós em nossos olhos.
Não haverá nenhum rancor.
Não teremos mais segredos.
E terás o perdão.

Agora, respire fundo.
Sinta o ar leve entrar nos pulmões sem pesares.
A vida, meu querido, começa agora.

_____________

Manoel Veloso, mas ainda atrás de um plural – são muitas vidas dentro de um só. Dizem ter 22, mas pode ser 32 ou 60. Estudante de Direito da UFRJ, mas gosta mesmo é de Literatura. Sonha em estrelar um “Velozes e Furiosos”. Ousado, mas não o suficiente para declarar-se escritor.

_____________________________________________________________

Os artigos publicados com assinatura não traduzem a opinião do Site BH. Possibilitamos que o leitor conheça opiniões diversificadas sobre os assuntos em pauta nas mídias sociais. Sempre iremos expor visões diferentes para que o leitor se questione, questione o mundo ao seu redor e, principalmente, corra do senso comum. Quer ver o seu texto por aqui? Mande para redacaositebh@gmail.com

 

Deixe uma resposta

*

ARQUIVOS

BH NO INSTAGRAM

FOLLOW @BARBARAHELLEN

BH NO FACEBOOK

www.000webhost.com