Foto Colunista

POR Bárbara Hellen

Livre-se de conceitos que não são seus

Colunistas / 29.03.16

Não tive uma educação tradicional, mas sempre fui a mais careta da galera. Nunca tive, por exemplo, horário para chegar em casa. Se eu chegasse 6am, minha mãe –pasmem- não brigava comigo e sim perguntava como tinha sido a festa. Mas, ainda assim, comecei a beber a partir dos meus 18 anos. Tive uma educação muito consciente. Os limites sempre estavam ali, expostos de maneira clara. Mas cabia a mim decidir o que fazer, quais limites cruzar. Quase nunca os cruzava e, por isso, ganhei de um amigo o apelido “brabureta”. Dizendo ele, uma mistura entre brava, careta e Babu (meu apelido).

Defendia e ainda defendo sempre a liberdade de agir como você realmente quer, pelo o que você acha certo. Por mais que não seja o que um jovem comum faria, por mais que eu não estivesse vivendo a juventude da maneira como a sociedade diz que é certo viver a juventude.

Confesso para vocês que várias vezes vivi o dilema de ter feito algo que “não era para ser feito”, recaindo sempre sobre o que as pessoas vão achar, como elas vão me ver a partir daquela atitude… E não precisa ser coisa grave não. Apesar de sempre ter sido “certinha” – por não ter vontade de ser de outro jeito – também vivi a cobrança pessoal ridícula por não fazer o que todos os meus amigos faziam. Já ouvi – e ainda ouço – VÁRIAS vezes de amigas próximas que “ah, Bárbara não faz isso” com um ar de julgamento imenso sobre as minhas escolhas. E isso me levava, quando era mais nova, ao questionamento: será que eu tô vivendo errado?

Quantas vezes não entramos em guerra com nós mesmos após agir de uma maneira diferente do que a sociedade acha correto? Ou diferente do que a maioria faz? Ou diferente do que é o politicamente correto? Quantas pessoas não vivem infelizes porque o que as faz feliz não é o que a sociedade esperava dela?

É bem mais difícil viver a partir dos seus próprios conceitos.

Especialmente nessa sociedade que julga se você é liberal e também te julgará se você for careta.

É preciso e necessário se livrar de conceitos que não são seus: é preciso casar até os 30, se você não for uma menina direita ninguém vai te levar a sério, cabelo curto é só para quando você for velha, você tem que ir para a balada todo fim de semana porque é jovem, batom vermelho é coisa de puta, todos os homens traem… E por aí vai. Vai dizer que você nunca acreditou em algum desses conceitos?

Acho que somos mais felizes quando agimos da forma como queremos, como acreditamos, seguindo nossos próprios conceitos. Quando vivemos a vida da maneira como achamos certo, também paramos de julgar as escolhas alheias porque entendemos o quão peculiar é a vida de cada um. Cada um vive do seu jeitinho doido e torto, mas não é assim que achamos alegria onde menos esperávamos?

“Pode falar que nem ligo
Agora eu sigo o meu nariz
Respiro fundo e canto
Mesmo que um tanto rouca

Pode falar, não importa
O que tenho de torta, eu tenho de feliz…”

____________

Bárbara Hellen é jornalista. Trabalha como editora-chefe do site BH e coordenadora de conteúdo do portal tvguara.com. Troca qualquer coisa por um bom livro ou um sábado na praia. Tagarela e cheia das opiniões, adora conversar sobre política e religião… Ou sobre qualquer outra coisa. Ama Fernando Pessoa e cai no clichê ao crer que sim, tudo vale a pena se a alma não é pequena.

_____________________________________________________________

Os artigos publicados com assinatura não traduzem a opinião do Site BH. Possibilitamos que o leitor conheça opiniões diversificadas sobre os assuntos em pauta nas mídias sociais. Sempre iremos expor visões diferentes para que o leitor se questione, questione o mundo ao seu redor e, principalmente, corra do senso comum. Quer ver o seu texto por aqui?Mande para redacaositebh@gmail.com

3 respostas para “Livre-se de conceitos que não são seus”

  1. “Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é…” Como sempre 10! Tava com saudades!

Deixe uma resposta

*

ARQUIVOS

BH NO INSTAGRAM

FOLLOW @BARBARAHELLEN

BH NO FACEBOOK

www.000webhost.com