Foto Colunista

POR Bárbara Hellen

O amor real é

Colunistas / 24.11.15

Estava pensando sobre amor e sobre amar. E cheguei a uma simples conclusão: o amor não tem tempo e nem condição; ele simplesmente é. Muitas pessoas falam que o amor leva tempo, mas quando se ama se tem pressa. Pressa de estar com o outro e não perder um segundo que seja longe do seu lado. O amor não tem também condições: ele não vê cor, partido político e muito menos preferências. É estar com outro sem qualquer condição. Minto, com apenas uma condição: ser feliz.

Ele é puro, tangível, perfeito como tem que ser; é a certeza nos dias de dúvida. Não há amor quando se vê de longe o outro. E não falo de distância física, mas aquela distância de sentimentos. O amor verdadeiro está próximo, é possível sentir ele todos os dias. O outro passa a ser uma verdadeira certeza. Certeza de colo, de carinho, de conforto. Certeza de está mesmo quando não se está junto.

No vai-e-vem da vida, é tudo aquilo que permanece, sem grandes dificuldades e enchendo nosso coração de paz. Não sei ao certo de onde veio isso, mas agora amor virou sinônimo de dificuldade. É preciso lutar pelo outro – e não com o outro. É preciso insistir. É preciso jogar. E, depois de conseguir, mostrar o outro como troféu.

Uma luta onde se joga na cara erros, tentativas e nunca comemora-se os acertos. Amor real é o oposto: é a paz de Deus realmente transformada em realidade. É estar junto e não sentir qualquer tipo de medo, qualquer tipo de receio. É estar em paz e não precisar medir atitudes, palavras e muito menos medir o seu próprio sentimento.

Se não há paz, falta amor. E quando estamos em paz, sobramos em amor. E aí, depois de tantas conclusões, percebi que amor real é aquele amor que deixa de ser imaginação e se torna, por fim, uma doce e suave realidade.

____________

Bárbara Hellen é jornalista. Troca qualquer coisa por um bom livro ou um sábado na praia. Tagarela e cheia das opiniões, adora conversar sobre política e religião… Ou sobre qualquer outra coisa. Ama Fernando Pessoa e cai no clichê ao crer que sim, tudo vale a pena se a alma não é pequena.

_____________________________________________________________

Os artigos publicados com assinatura não traduzem a opinião do Site BH. Possibilitamos que o leitor conheça opiniões diversificadas sobre os assuntos em pauta nas mídias sociais. Sempre iremos expor visões diferentes para que o leitor se questione, questione o mundo ao seu redor e, principalmente, corra do senso comum. Quer ver o seu texto por aqui? Mande para redacaositebh@gmail.com

Seja o primeiro a curtir.

2 respostas para “O amor real é”

  1. “O amor é assim: é a paz de Deus em sua casa, o amor é assim é a paz de Deus que nunca acaba…”

Deixe uma resposta

*

ARQUIVOS

BH NO INSTAGRAM

FOLLOW @BARBARAHELLEN

BH NO FACEBOOK

www.000webhost.com