Foto Colunista

POR Bárbara Hellen

Seja mais você

Colunistas / 01.09.15

Sempre ouvi da minha mãe um mantra que agora ela repete aos ouvidos da minha irmã mais nova: “auto-estima é a coisa mais importante que uma mulher pode ter”. E ela continua: “a gente tem que ser mais a gente”. Mamãe realmente acredita que devemos sempre nos valorizar acima do outro e não podemos jamais aceitar certas coisas… Argumento que ela é radical, mas agradeço por ter sido ensinada assim, pois aprendi a sempre me valorizar acima de qualquer relação. Se fosse descrever o que é “se valorizar”, diria o seguinte: nunca ultrapassar o seu bem estar pelo bem estar de outra pessoa.

O que mais existe é gente por aí implorando por amor – quem nunca?! É gente que, por imaturidade ou cegueira, passa por situações dignas de pena. Afinal, esperar que o outro te ame porque você tá brigando para que ele fique contigo e não com outra pessoa é ,no mínimo, triste. Aceitar traições por medo de ficar sozinha é mais triste ainda. É muita falta de amor próprio. Falta de egocentrismo mesmo. O egocentrismo é assim: se for demais, te torna a pessoa mais insuportável do mundo, mas se for de menos te permite passar por situações que você não merece.

Amigo (a), seja curado dessa falta de amor.

Apesar de ser clichê, seja mais você. Não há no mundo ninguém com as nossas qualidades. Temos muito a oferecer para o outro e ele precisa apresentar o outro lado da moeda. A coisa tá errada quando tudo aquilo que é natural para você, todos aqueles gestos de afeto e respeito, são vistos como uma obrigação super difícil para o outro. Oi? Repense.

É nesse momento que o seu amor próprio vai dizer: “amor, você merece mais”. E você simplesmente não vai conseguir aceitar menos. O menos não vai te preencher e não vai te fazer feliz. Às vezes, buscamos fórmulas prontas para a felicidade. Nunca é assim. Mas quando nos amamos e temos plena convicção do que merecemos, não vamos insistir naquilo que não nos faz bem. Não vamos insistir no pouco. Já saberemos quando o caminho é errado antes mesmo de adentrar aquela estrada. Seremos sim, exigentes.

Falar em exigência é engraçado, parece que estou falando que as pessoas são perfeitas ou algo do tipo: não, nada disso. Qualquer relacionamento traz suas doses de agonias, erros e dúvidas. Assim como qualquer ser humano trará uma bagagem de defeitos assim como você carrega os seus. Estou falando aqui de outro tipo de exigência: a exigência em ser feliz.

Se um relacionamento é 90% do tempo cheio de problemas, você acha que merece isso? Se aquele seu rolo não te procura, não faz questão de te ver, para que continuar? Você merece isso? Se seu namorado já te traiu seis vezes, vive saindo escondido e você não confia nele, você merece passar por toda essa agonia? Aqui não se trata do outro e sim de você: o que você merece levando em consideração os seus comportamentos, desejos e sentimentos. Aqui é você analisando o que é melhor exclusivamente para você! Sim, ligando o foda-se para o outro.

A verdade é a seguinte, queridos amigos, e a gente só descobre depois que quebra a cara: se você não se lembrar do seu valor, não será o outro que vai lembrar. E você pode tentar, se humilhar, correr muito atrás. Se a pessoa não te valoriza, não te ama, não te respeita, ela simplesmente não vai te completar – nunca. Não vai te fazer feliz – nunca.

Saiba a hora de dizer: desculpa, seja feliz, mas eu mereço melhor. Desculpa, seja feliz, mas eu não vou aceitar isso. Desculpa, seja feliz, mas suas qualidades não estão acima das minhas qualidades. Desculpa, seja feliz, mas meu amor próprio é bem maior do que qualquer vestígio de amor que eu ache que sinta por você.

_____________

Bárbara Hellen é jornalista. Troca qualquer coisa um bom livro ou um sábado na praia. Tagarela e cheia das opiniões, adora conversar sobre política e religião… Ou sobre qualquer outra coisa. Ama Fernando Pessoa e cai no clichê ao crer que sim, tudo vale a pena se a alma não é pequena.

_____________________________________________________________

Os artigos publicados com assinatura não traduzem a opinião do Site BH. Possibilitamos que o leitor conheça opiniões diversificadas sobre os assuntos em pauta nas mídias sociais. Sempre iremos expor visões diferentes para que o leitor se questione, questione o mundo ao seu redor e, principalmente, corra do senso comum. Quer ver o seu texto por aqui? Mande para redacaositebh@gmail.com

Seja o primeiro a curtir.

Uma resposta para “Seja mais você”

  1. Amore, feliz que tenhas entendido o que quis passar…até porque já passei pelo outro lado e, apesar das boas lições, não é o que quero pra mim nem pra vocês!

Deixe uma resposta

*

ARQUIVOS

BH NO INSTAGRAM

FOLLOW @BARBARAHELLEN

BH NO FACEBOOK

www.000webhost.com