Foto Colunista

POR Andressa Valadares

Analfabetos sentimentais

Colunistas / 26.08.15

(Trilha sonora: Love and Some Verses – Iron & Wine)

Passamos boa parte da nossa curta existência aprendendo muitas coisas na escola. Quando essa fase acaba, você percebe que pelo menos 65% daquilo que você aprendeu não vai lhe servir pra nada. Nunca conheci escola melhor do que essa nave louca chamada vida. É tanta porrada que levamos que, meu amigo, só não aprende quem não quer.

Na trigonometria da vida, o que vale não é o seno ou o cosseno do ângulo, mas como você vai lidar com todas as situações cabeludas que lhe aguardam pela frente.

No ensino tradicional, nós aprendemos tudo sobre a fisiologia do nosso corpo, das árvores, das células. A massa das coisas ao nosso redor. O empuxo, a velocidade e o que são ligações covalentes. Mas, na sala de aula, ninguém ensina sobre a alma humana. Nem a tão negligenciada filosofia, vista apenas como uma obrigação curricular.

Com a sociologia então, ninguém se importa. Entender a relação entre as coisas e o quanto isso ajuda na construção de um ser consciente está não em segundo, mas em terceiro, quarto, quem sabe até em quinto plano. O melhor mesmo é sermos máquinas programadas para o progresso. A qualquer preço. A qualquer aula chata de física.

É esse analfabetismo sentimental que afasta a empatia com o próximo. Como vamos entender o outro se não entendemos a nós próprios? Tiramos zero em qualquer questão que envolva a pergunta sobre o por quê estamos aqui. Quem sou eu? Qual o alimento da minha alma?

O que digo pode até parecer uma coisa banal. Mas, olhe ao seu redor e veja a quantidade de gente perdida, incapaz, cheia de má consciência e ambições desfeitas. Esse é um fato lamentável que diz respeito não só a você ou a mim, mas a todo mundo.

O correr da vida embrulha tudo, eu sei. Mas, nunca é tarde para aprendermos a respeito de nós.

________________

Andressa Valadares é jornalista e socióloga de botequim. Acredita no delírio cultural em massa de que a aparente posição do sol, relacionada com as constelações na hora do seu nascimento, de alguma forma afeta sua personalidade.

___________________________________________________

Os artigos publicados com assinatura não traduzem a opinião do Site BH. Possibilitamos que o leitor conheça opiniões diversificadas sobre os assuntos em pauta nas mídias sociais. Sempre iremos expor visões diferentes para que o leitor se questione, questione o mundo ao seu redor e, principalmente, corra do senso comum. Quer ver o seu texto por aqui? Mande para redacaositebh@gmail.com

Seja o primeiro a curtir.

Deixe uma resposta

*

ARQUIVOS

BH NO INSTAGRAM

FOLLOW @BARBARAHELLEN

BH NO FACEBOOK

www.000webhost.com