Foto Colunista

POR Letícia Fernandes

Liberdade de expressão tem limite?

Colunas / 22.06.15

É considerável o vasto número de pessoas que se beneficiam das redes sociais para disseminar intolerância, a qual é justificada como liberdade de expressão. Porém essas manifestações de intolerância nada mais são que a inabilidade de respeitar pontos-de-vista díspares. Uma atitude expressamente negativa.

Acredito que liberdade de expressão deve ser caracterizada como crítica construtiva, ou seja, uma discordância respeitosa e não como um comportamento destrutivo. Numa linguagem técnica, essa premissa nos remete ao Cyberbullying: “comportamentos hostis e  deliberados  que  envolvem  o  uso  de  tecnologias  de informação com intuito de depreciar e afrontar o outro”. Esse tipo de mensagem é conscientemente dirigido a uma pessoa ou grupo, mesmo que não haja destinatário(s) identificado(s) na escrita, o autor esconde-se atrás de uma mensagem ambígua dizendo o que quer sem o ônus da réplica, sugerindo um ego frágil, incapaz de suportar um enfrentamento contrário as suas ideias.

Numa perspectiva psicanalítica, a indiferença é herdeira do ódio. Enquanto este existir, haverá necessidade de ser expresso através das postagens agressivas, que são uma exteriorização da reação de desprazer manifestada pelo autor. Enquanto esse sentimento for nutrido, as mensagens tornar-se-ão gradativamente mais ofensivas. O prazer resume-se em ferir o outro, em detrimento da não existência de uma fundamentação teórica consistente, porém com o aparecimento da indiferença o comportamento agressivo tende à extinção.

Enfim, os comportamentos de intolerância/ódio abordado neste artigo opinativo podem gerar aos envolvidos prejuízos nos aspectos biopsicossociais, a citar, retraimento social e comprometimento da autoestima. Logo, discurso de ódio não é liberdade de expressão.

Para reflexão: O individuo que se expõe na mídia digital o faria no privado com a mesma intensidade manifestada virtualmente?

______________

Letícia Fernandes é psicóloga e psicopedagoga.

_____________________________________________________________

Os artigos publicados com assinatura não traduzem a opinião do Site BH. Possibilitamos que o leitor conheça opiniões diversificadas sobre os assuntos em pauta nas mídias sociais. Sempre iremos expor visões diferentes para que o leitor se questione, questione o mundo ao seu redor e, principalmente, corra do senso comum. Quer ver o seu texto por aqui? Mande para redacaositebh@gmail.com

Seja o primeiro a curtir.

Deixe uma resposta

*

ARQUIVOS

BH NO INSTAGRAM

FOLLOW @BARBARAHELLEN

BH NO FACEBOOK

www.000webhost.com