Foto Colunista

POR Bárbara Hellen

Pecados capitais do sucesso

Colunas / 19.05.15

Vivemos em uma sociedade que valoriza – até demais – o sucesso profissional. E por querer tanto o sucesso, muitas pessoas cometem pecados que prejudicam suas carreiras e atrasam suas conquistas. Ainda que não existam fórmulas, reconhecer os erros que você pode cometer já é meio caminho andado para não pecar.

O livro “As 25 leis bíblicas do sucesso”, de William Douglas e Rubens Teixeira, lista sete pecados que você deve ficar de olho – e servem inclusive para aqueles que não acreditam na Bíblia. Fica a dica de livro para ler. Por isso,  resolvemos selecionar os três principais pecados que, em nossa opinião, podem prejudicar a sua carreira.

1. Ter pressa

O primeiro pecado é achar que você será bem sucedido instantaneamente. Não é bem assim. É preciso lutar pelo o que você quer, dedicação diária e abdicar do supérfluo.

Quer ganhar mais? Trabalhe mais. Quer ser promovido? Inove diariamente, seja perfeccionista com suas tarefas, faça novos cursos. Quer um emprego? Coloque seu currículo na praça, faça contatos com empregos antigos e socialize com pessoas diferentes.

Quando você age, provavelmente conseguirá o que quer. Mas não se engane: isso exige esforço, trabalho e tempo. A regra é primeiro plantar para depois colher. Não adianta você achar que será um bom funcionário quando receber melhor. A ordem é a inversa, primeiro seja um bom funcionário e aí sim você vai receber melhor.

OBS: Fama e sucesso são coisas diferentes. Uma é passageira e outra é sólida.

“Sucesso é ter uma reputação, um histórico de bons trabalhos prestados e bons resultados produzidos para si mesmo, para a sua família e para a instituição que você trabalha” (As 25 leis bíblicas do sucesso)

2. Falta de prazer na hora do trabalho

Tem gente que só vai ao trabalho porque é o jeito. Chega de mal humor, faz tudo para “se livrar”, não socializa com os colegas de trabalho e muito menos com o chefe e quando recebe alguma tarefa, só falta bater no chefe e bota logo aquele bico na cara.

Por favor, tome um café e acorde para a vida.

Curriculo Digital #3 - Interna 2

Ninguém gosta de funcionário com atitudes ruins. E se você fizer um trabalho mal feito, nunca vai conseguir chegar a lugar nenhum! O trabalho feito com carinho e amor se sobressai aos demais e eventualmente acaba chamando a atenção. Quando um funcionário faz seu trabalho com capricho, ele passa a ser uma necessidade da empresa pelo seu próprio diferencial. Quando você está insatisfeito, pense se você não está levando problemas pessoais para o trabalho e se prejudicando ainda mais

3.Inveja

Inveja é se incomodar com o que o outro tem. E quantas vezes, no ambiente de trabalho, nos incomodamos com um elogio que o chefe dá a outro funcionário? Muitas vezes, estamos tão preocupados em sabotar o outro que nos sabotamos.

O ambiente de trabalho deve ser um lugar tranquilo, por isso, evite fofocas, se meter em desafetos e busque ser sempre discreto. Quando não damos espaço para sentimentos ruins e atitudes questionáveis, somos queridos e lembrados.

Se o outro foi melhor do que você, elogie e busque aprender, fazer melhor. Ser competitivo é ótimo, mas ser invejoso é terrível.

Currículo Digital #3 - Interna 3

“Sucesso profissional é uma meta que pode ser alcançada de diferentes maneiras. Uma parte dos resultados é consequência direta das convicções e dos valores que cada um traz dentro de si” (Eike Batista)

Seja o primeiro a curtir.

Deixe uma resposta

*

ARQUIVOS

BH NO INSTAGRAM

FOLLOW @BARBARAHELLEN

BH NO FACEBOOK

www.000webhost.com