Foto Colunista

POR Ana Oliveira

Um bom currículo, como fazer?

Colunas / 12.05.15

Hoje em dia, uma das principais dificuldades que o jovem enfrenta é a busca por um emprego. Entrar no mercado de trabalho pode ser algo complicado e os dados assustam: estima-se que, no Brasil, 6,7 milhões de pessoas estão à procura de um emprego. Como se sobressair em sua área? Calma, calma. Sem desespero. Nós vamos te ajudar em todos os detalhes, a começar pelo currículo, que pode te ajudar a causar uma boa impressão no seu futuro chefe e garantir aquela vaga tão desejada. Aqui vão algumas dicas.

1º passo: Plataforma Lattes

Assim que você entrar na Universidade, corre para a Plataforma Lattes. Essa plataforma disponibiliza currículos já pré-formatados e geralmente é o formato exigido na maioria das empresas, pois essa plataforma é desenvolvida pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), uma instituição ligada ao Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT). Ou seja: ótimo para a área acadêmica e já um diferencial na área profissional. Lá você pode inserir todas as suas referências: cursos que você fez, línguas que você fala e mais!

Currículo Digital #2 - Foto interna

2º passo: Dados pessoais e contatos

É importante colocar os dados pessoais no início do documento, para facilitar na sua identificação em processos seletivos. Não é necessário colocar números de documentos como RG, CPF, por exemplo. Atenção: coloque o número que você mais usa e se for colocar o número residencial, lembre-se de avisar que está esperando uma ligação importante. Já em relação ao e-mail, crie um novo, profissional, sem nomes engraçados, pejorativos ou apelidos.

3º passo: Foto no currículo

É importante colocar uma foto, sim, pois facilita a sua identificação no processo seletivo. Entretanto, escolha uma no formato 3×4, mas está liberado sorrir. Nada de óculos escuro, por exemplo, e escolha uma camisa neutra, nada de regatas. Dependendo da formalidade do emprego desejado, esses detalhes fazem diferença.

4º passo: Interesses e experiências

Um bom currículo sempre traz suas áreas de interesse e suas principais qualificações – destaque no máximo cinco. Com relação à formação acadêmica, ordene de sua atual ou última graduação para a primeira, obedecendo a seqüência: Curso, Instituição de Ensino, Ano de conclusão ou ano de início e término. Quando for listar as experiências profissionais mencione o nome da empresa na qual trabalhou e o período. Caso tenha experiências adicionais como cursos, palestras, é relevante mencionar desde que tenha relação com o cargo pretendido. Em relação a outros idiomas, cite-os com o nome da instituição onde estudou e o seu nível de proficiência.

5º passo: Não vale mentir!

Se você quer começar com o pé direito, é melhor colocar somente informações verdadeiras no seu currículo. Ser pego na mentira na hora da entrevista oral é um provável não, pois ninguém gosta de profissionais mentirosos. Se você acha que tem pouca experiência, procure fazer cursos livres, pois eles dão um verdadeiro up no seu currículo. Seja verdadeiro, explique que está a procura de experiências e que tem prazer de aprender. Esse tipo de entusiasmo é o que as empresas estão procurando nos profissionais.

Seja o primeiro a curtir.

2 respostas para “Um bom currículo, como fazer?”

  1. Amei o texto Aninha!! Anotei as dicas e vou aplicá-las!! Parabéns!

Deixe uma resposta

*

ARQUIVOS

BH NO INSTAGRAM

FOLLOW @BARBARAHELLEN

BH NO FACEBOOK

www.000webhost.com